sexta-feira, 9 de outubro de 2009

O prémio palerma

Obama não merece o Nobel da Paz!
A atribuição do Nobel da Paz a Obama é uma palermice. Obama desanuviou o ambiente internacional pela mera eleição, mas não fez nada pela paz em lado nenhum e, quer gostem quer não, vai insistir, e bem, na guerra no Afeganistão. E, se for preciso, com o Irão.
O Nobel da Paz devia premiar quem faz um esforço, sai do seu caminho e alcança a paz improvável. Obama não fez nada disso, nem podia nem devia fazer.Está a premiar-se o anti-bushismo apenas. Os do costume festejam. Mas os do costume festejam sempre o mesmo.
Se o Obama merece o prémio Nobel da Paz, porque não atribuir também ao primeiro ministro israelita? Aos palestinianos ?
Ao presidentre da Coreia do Norte ?
Pelos vistos tiveram todos azar.
Valem mais as promessas ao estilo americano do que os reais esforços feitos por quem realmente luta pela paz.

3 comentários:

Sandra disse...

Está a receber apenas pelas suas palavras...não pelas suas acções em prole da PAZ! De uma promessa apenas que o mundo internacional anseia... mas ...devia ser atribuído o Nobel da PAZ a quem age e não se limita a falar. O Obama necessita de tempo para provar o seu real valor no seu país e no mundo... terá mesmo a capacidade de conseguir algo de notável a nível mundial como a PAZ? Não será isto uma utopia, uma ilusão? Atribuam o prémio a outro...ele já tem lugar na história do seu país e no mundo. E há outros menos visíveis do que ele e que certamente teriam méritos reais e concretos para não serem apenas nomeados, mas para receberem este prémio. E deixo a interrogação de como será encarado este prémio, se Obama não for de facto alguém com mérito neste sentido e ter-lhe sido atribuído tão prematuramente este Nobel?

Lita disse...

Concordo absolutamente contigo!

Zabour disse...

Prefiro não comentar...

Bjs e boa semana

Related Posts with Thumbnails