segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

O Bordel de Lisboa

Um jornalista do Correio da Manhã descobre que existe um bordel em Lisboa ao qual Têm ido todos os políticos e decide investigar.
Fala com a Patroa-Meretriz e pergunta:
- Soares vinha aqui?
- Sim, claro! Dava gosto, um cavalheiro. As melhores meninas, o melhor champanhe, as melhores gorjetas. Cada vez que vinha, era uma festa.
- Santana vem?
- Sim! Mas não é a mesma coisa. Sempre pede desconto, nunca pede champanhe, nunca está de acordo com a conta, queixa-se sempre e ainda por cima nos ameaça com o SEF.
- O Paulo Portas, também vem?
- Sim, mas esse...não procura meninas e, sim... meninos.
- E o Sócrates?...
- Também vem, mas esse fica só um pouquinho... Entra discretamente, dá um beijo na mãe e sai.

4 comentários:

escarlate.due disse...

que mauzinho!!!!! tadinhos dos senhores :P

Miepeee disse...

Nao gosto do Socrates, mas tu nao lhe das folga, um dia destes ainda sonhas com o homem, ou melhor tens pesadelos :)

Bj.

Fragmentos Intemporais disse...

Que este Natal seja repleto de agradáveis surpresas.

Cumprimentos intemporais!

sonhos/pesadelos disse...

tb não gosto gosto do Home, mas tu...vai lá vai...hihi
bjs endiabrados

Related Posts with Thumbnails